Seleção, de Kiera Cass

Eu gostei do livro “Seleção”, porque se entra mesmo na história, pelo menos, isso aconteceu comigo e é um livro bastante viciante.

Além disso, revela uma história muito interessante, comovente e que tem uma leitura muito fácil.

Este romance retrata a história de uma rapariga, America Singer. O seu maior pesadelo é entrar na seleção. Se ganhar, será a princesa do seu país. No entanto, America odeia o príncipe. Será que acabará por entrar na seleção ou o desejo da sua mãe não se vai concretizar?

Neste livro, a sociedade é separada por castas, ou seja, níveis de riqueza, sendo a casta 8 a mais pobre e a 1 a mais rica, a que só pertence à realeza.

Ao longo da ação, America passa por muitos obstáculos, tanto bons quanto maus.

“Um verdadeiro conto de fadas. Encantador, cativante e com a quantidade certa de emoção.”


Leonor Barbosa (8.º C)